Saque-aniversário do FGTS: Como aderir em setembro

O saque-aniversário do FGTS se tornou um paraíso para trabalhadores que precisam de um dinheiro extra.

PUBLICIDADE

O saque-aniversário do FGTS se tornou um paraíso para trabalhadores que precisam de um dinheiro extra para pagar suas contas anuais. Este procedimento permite o levantamento parcial do saldo disponível na conta do Fundo de Garantia do titular, no mês de aniversário do titular.

Como o saque-aniversário não é um padrão do FGTS, os funcionários interessados ​​devem cumpri-lo pelos canais disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. Além do salário equiparado do empregado, pode ser obtida uma parcela adicional de até R$ 2.900.

No entanto, é importante lembrar que os participantes do esquema perdem alguns direitos, como o direito de sacar a totalidade do FGTS em casos de demissão sem justa causa. No entanto, permanece o pagamento da multa de rescisão de 40% do saldo do contrato rescindido.

PUBLICIDADE

Como participar do saque-aniversário

Caso queira participar do processo de saque do FGTS, siga os passos abaixo:

  • Acesse o aplicativo do FGTS;
  • Notificação do seu login e senha, uma vez cadastrado;
  • Clique na opção “Cancelar aniversário”;
  • Em seguida, clique em “Modo Saque Comemorativo;
  • Feito isso, clique em “Selecionar para cancelar aniversário”;
  • O nome será gerado para que o usuário continue a ação;
  • Após a conclusão do procedimento, o sistema fará uma alteração do procedimento.
  • A primeira retirada de aniversário cai no mesmo ano para quem se inscrever até o último dia útil do mês de aniversário. As transações após o aniversário do falecimento têm garantia de pagamento em parcelas a partir do próximo ano.

Valor do saque-aniversário

Quanto ao valor do saque do FGTS aniversário, ele varia de acordo com o saldo total disponível na conta do empregado. Em poucas palavras, pode ser gasto o montante de 5% a 50% do montante reservado para o Fundo de Garantia. Além disso, o empregado pode receber um subsídio adicional. Veja:

Faixas de saldo em R$ Percentual de retirada Parcela adicional
Até R$ 500,00 50% _
De R$ 500,01 a R$ 1.000,00 40% R$ 50
De R$ 1.000,01 a R$ 5.000,00 30% R$ 150
R$ 5.000,01 a R$ 10.000,00 20% R$ 650
R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00 15% R$ 1.150
R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00 10% R$ 1.900
Acima de 20.000,01 5% R$ 2.900
PUBLICIDADE

Calendário de pagamentos do saque-aniversário

Os trabalhadores têm um prazo de três meses para realizar o saque-aniversário. Em suma, conta-se a partir do primeiro dia útil do mês da liberação. Veja no calendário:

  • Aniversariantes de janeiro: de 3 de janeiro a 31 de março;
  • Aniversariantes de fevereiro: de 1º de fevereiro a 29 de abril;
  • Aniversariantes de março: de 1º de março a 31 de maio;
  • Aniversariantes de abril: de 1º de abril a 30 de junho;
  • Aniversariantes de maio: de 2 de maio a 29 de julho;
  • Aniversariantes de junho: de 1º de junho a 31 de agosto;
  • Aniversariantes de julho: de 1º de julho a 30 de setembro;
  • Aniversariantes de agosto: de 1º de agosto a 28 de outubro;
  • Aniversariantes de setembro: de 1º de setembro a 30 de novembro;
  • Aniversariantes de outubro: de 3 de outubro a 30 de dezembro;
  • Aniversariantes de novembro: de 1º de novembro de 2022 a 31 de janeiro de 2023;
  • Aniversariantes de dezembro: de 1º de dezembro de 2022 a 28 de fevereiro de 2023.
PUBLICIDADE

Como consultar o saldo do FGTS

O trabalhador pode consultar o seu FGTS de várias formas. Portanto, veja cada uma delas a seguir:

Por SMS

Sendo uma das formas mais práticas de consultar o FGTS, o trabalhador pode aderir a opção de receber mensagens de textos (SMS) quando houver alguma movimentação em suas contas no Fundo de Garantia.

Por correspondência

Outra forma de receber o extrato do FGTS é em sua própria residência. O trabalhador pode ter acesso às informações a cada dois meses, basta informar o endereço completo no site do órgão, em uma agência da Caixa ou pelo telefone 0800 726 01 01.

PUBLICIDADE

No site ou aplicativo

Por fim, é possível consultar o extrato do FGTS através do site da Caixa ou pelo aplicativo FGTS. Pelo site, o trabalhador deve informar o NIS (PIS/Pasep) ou a Senha Cidadão. A consulta pelo aplicativo também é simples, no entanto, é preciso baixá-lo.

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.